Trilogia distópica

Caroline Ropero
Do Diário do Grande ABC

Quem curte o universo distópico de Jogos Vorazes e Divergente  pode mergulhar numa boa história com o primeiro livro da trilogia Marcados (Caragh M. O’Brien, Editora Gutenberg, 368 págs., R$ 37,90). A história se passa no futuro em que há falta de recursos naturais e novos problemas de saúde.

Na comunidade em que vive Gaia Stone, 16 anos, o povo é governado pelo Enclave, que mora dentro das muralhas com a população rica. Assim como sua mãe, a garota segue o ofício de parteira e precisa entregar mensalmente ao governo cota de bebês recém-nascidos.

Todos sempre respeitaram as regras, até que os pais de Gaia são presos pelo Enclave, e a menina dá início à perigosa aventura dentro das muralhas para salvá-los. Durante a busca, descobre código que pode revelar muitos segredos e mostrar que a realidade é bem diferente do que imaginava.

Os personagens são bem construídos, e a leitura prende a atenção. Ao término de um capítulo é quase impossível não começar outro. A publicação foi eleita o melhor livro de ficção para jovens adultos pela Young Adult Library Services Association, dos Estados Unidos.

Site do Diário do Grande ABC.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *