TV Bus – É pra rir ou pra chorar?


Há muito tempo eu não dava risada de situações ridículas e nenhum programa humorístico até agora me fez rir tanto e em tão pouco tempo que o Domestic Move, programa especialmente desenvolvido pelo canal TV Bus, que abastece as telinhas instaladas nos ônibus de linha aqui em São Paulo.
Estava seguindo para a casa de uma amiga na Santa Cecília, vindo da Paulista, quando tomei o ônibus Princesa Isabel, que desce quase toda a avenida Angélica. Após conferir meu horóscopo na telinha, com aquelas musiquinhas místicas cheias de pililis e tchururus, eis que entra o Domestic Move: uma personal trainer bem sarada, um cenário todo feito com baldes empilhados simetricamente e uma vassoura transformaram minha viagem de ônibus numa grande diversão. A tal personal trainer, no seu colant azul, ensinava as donas de casa como se exercitar varrendo o chão de casa. Em passos de dança parecidos com algo de música baiana do tipo É o Tchan, ela animava a dona de casa, cansada por um dia todo de trabalho, exausta por ter que cuidar dos filhos quando chega em casa a se divertir e malhar durante suas tarefas do lar.
Sinceramente, ri pelo mau gosto do programa, um serviço que é interessante (pois traz entretenimento e um pouco de cultura a quem passa grande parte da vida dentro de um coletivo para ir e voltar do trabalho) transformado em comédia. Ao menos me rendeu boas risadas (e caras feias por parte de meus convivas de coletivo).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *