Caos aéreo ou quadro de Dalí?

De acordo com o Site da BBC/UOL, os jornais argentinos estão chamando a situação (ou caos) aérea brasileira de surrealista, perdendo para os absurdos da comédia pastelão Apertem os Cintos o Piloto Sumiu. Apesar do mal gosto das comparações, temos que dar o braço a torcer que nossa aviação passa por um inferno astral (sem trocadilhos) que parece mesmo coisa de cinema: o brasileiro reclama, a mídia arma seu circo habitual (com raras exceções idôneas), o governo sempre pisando em ovos, pois as informações não batem mesmo. De pseudo-aeronautas que não sabem o que é a caixa-preta ao presidente da TAM comparando sua perda financeira com a perda emocional das vítimas ou mesmo as declarações desencontradas dos comandantes da Infraero, dos Ministérios e afins. Apenas os comandantes, numa iluminação, boicotam o aeroporto de DiasdeCãogonhas, não pousam mais lá em dia de chuva, o que é uma mera questão de prevenção a novos desastres do vulto do 3054.

Não gosto de profetizar o caos nem apoiar teorias da conspiração, mas perceberam que todo esse auê aconteceu bem quando Renan está sendo investigado e há uma balbúrdia no Senado, mas cada vez mais abafadinha. Daí morre ACM, morre Neli, bate avião, caos aéreo toma conta dos noticiários… seria muito sórdido da minha parte… bem, deixa pra lá.

Como ilustração, escolhi um quadro de Dali que gosto muito, a Galetea de las Esferas. Vale!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *